Para tudo nessa vida existe o jeito certo e mais assertivo de se fazer algo, e para fazer networking não é diferente. O problema é que a maioria esmagadora de nós passa uma vida inteira sem aprender a fazer direito e continua gastando energia a toa e gerando resultados pouco duradouros.

Sim, eu sei disso, vivi, experimentei e continuo experimentando a arte de se construir relacionamentos, ou seja, fazer networking.

Fazer networking deve ter a mesma idade que o mundo habitável. Estabelecer relacionamentos sociais foi e continua sendo fundamental para a vida e para os negócios.

E você, sabe fazer networking?

Para muitos, fazer networking é conseguir entregar o seu cartão ou o seu panfleto para o maior número de pessoas em apenas um encontro.
Se você pensa assim, eu lhe digo que o seu conceito sobre networking está errado e não vai lhe trazer benefícios duradouros.

Fique tranquilo se você não sabe como fazer networking da forma correta, eu também não sabia e cometi vários erros. Neste texto você conhecerá algumas regras de ouro para se construir um verdadeiro relacionamento com as pessoas.

Eu aprendi estas regras na Viking Networking, que é uma empresa e um movimento de empreendedores que se encontram mensalmente para trocar ideias, experiências e para fazer networking. Hoje eu posso dizer que a Viking é “A Casa do Networking”, ou seja, uma escola para qualquer empreendedor aprender a fazer networking.

Na Viking, eu aprendi que existem dois tipos de networking. O Networking de Predador e o Networking de Agricultor.
Todos os erros estão relacionados ao networking de Predador que é hostil, e como o próprio nome já diz, o predador precisa voltar com a sua presa abatida, caso contrário falhou no seu objetivo. Para o Predador, voltar de uma reunião de negócios sem nenhum negócio fechado, é sinônimo de fracasso.

Vamos conhecer os principais erros que o Predador comete.

FALA SOMENTE DE SI

O predador transborda de si mesmo, é o próprio ego em ação. Acredita verdadeiramente que o seu interlocutor está interessado no que ele tem a dizer. O papo do predador é enfadonho, pois seus assuntos giram em torno dele mesmo e ele demonstra pouco interesse em seu interlocutor.

NÃO TEM INTERESSE LEGÍTIMO NA OUTRA PESSOA

Trata as pessoas todas da mesma forma: tome aqui o meu cartão, leve o meu panfleto, veja a minha pasta, eu sou o melhor, eu sou o maior e por isso você precisa fazer negócio comigo.
É muito fácil identificar o predador.

NÃO DEIXA A OUTRA PESSOA FALAR

O predador interrompe quando a pessoa está falando, não espera que ela termine uma sentença sem estar pronto a interromper, fica visivelmente ansioso por falar e faz poucas perguntas.

APROVEITA A OPORTUNIDADE PARA EMPURRAR O SEU MATERIAL GUELA ABAIXO

Meu nome é Paraíba e está aqui o meu cartão!
O predador as vezes está tão ansioso por lhe vender algo, que lhe entrega 3 ou 4 panfletos de uma vez só, ele deve pensar mais ou menos assim: já vou entregar 4 panfletos que assim as minhas chances desse idiota passar o meu panfleto para frente é maior.

TRATA AS OUTRAS PESSOAS APENAS COMO CONSUMIDORES

Quando percebe que a outra pessoa não tem perfil para o seu produto ou serviço, já muda a sua energia e começa a cortar o assunto para passar para a próxima vítima. Para o predador, quantidade é melhor do que qualidade.

UTILIZA CAMUFLAGEM

O predador utiliza camuflagem e fica em um canto. A sua camuflagem favorita é o Smartphone. Mesmo que não esteja fazendo nada, finge que está fazendo algo, pois não quer ser incomodado por alguém ou não tem coragem de se relacionar verdadeiramente com as pessoas.
Seu objetivo é claro: vender, vender, vender.

Você comete algum destes erros?
Eu já cometi vários deles e não tenho vergonha de assumi-los. Eu inclusive achava que estava fazendo certo, ou seja, eu não sabia que estava cometendo diversos erros graves.

Uma das grandes modificações na minha vida aconteceu quando eu comecei a aprender a fazer networking de Agricultor. Como o próprio nome diz: semear os relacionamentos e se interessar verdadeiramente pelas pessoas.

O SEU FUTURO VAI DEPENDER DAS PESSOAS QUE VOCÊ VAI CONHECER E DOS LIVROS QUE VOCÊ VAI LER.
Autor desconhecido

As regras do Agricultor são simples. Faça tudo ao contrário do predador!

  • Em uma conversa, deixe que a outra pessoa fale mais;
  • Faça perguntas e se interesse verdadeiramente pela outra pessoa;
  • Peça o cartão de visitas da outra pessoa e treine gravar o nome dela (isso vai fazer diferença no futuro);
  • Não venda nada;
  • Marque um café ou almoço posterior (se couber).

Foi exatamente assim que eu conheci pessoas fantásticas e fiz amizades duradouras que hoje acabam trazendo bons negócios. Perceba que “os negócios” não vem na frente!

Depois da Viking, a leitura constante do livro “Como fazer amigos e influenciar pessoas” (Dale Carnegie) foi a segunda fonte que mais me ensinou e vem me ensinando a fazer networking e estabelecer relacionamentos.
Essa é mais uma leitura obrigatória para a sua vida!

Dedique-se com afinco em fazer um networking de agricultor, pois as pessoas que você vai conhecer podem transformar a sua vida de alguma forma. Foi assim comigo e pode ser assim com você também!

Você tem alguma dica sobre como fazer networking de qualidade? Eu gostaria muito de ouvir a sua opinião logo abaixo.

Um forte aperto de mão e até a próxima semana.
Rodrigo Telles

Comentários

comentários