Tempo de leitura: 4,5 minutos.

Eu não tenho tempo! Uma das frases mais mentirosas que eu utilizava sem nenhuma vergonha até 2014. Hoje eu sinto vergonha quando ela ainda escapa (infelizmente ainda escapa), pois sei que estou mentindo para o meu interlocutor e o pior, sei que estou mentindo para mim mesmo e que isso nada mais é do que uma muleta!

Quer descobrir se você mente para si mesmo? Continue lendo este artigo por mais 4 minutos e você saberá.

Porque você mente? Você provavelmente nunca parou para refletir sobre isso certo? Por favor não minta nesta resposta, é aqui que a auto sabotagem se instala e faz com que a sua mente acredite nestas mentiras e molde a sua vida baseada nesta mentira.

Eu mentia muitas vezes para criar desculpas que me dariam conforto mental, outras eram inconscientes e as demais eram propositais. A maior mentira que eu contava era “Eu não tive tempo!”. Essa era uma mentira inconsciente e me ajudava a justificar a minha falta de priorização das minhas tarefas. Não existe falta de tempo, eu e você temos as mesmas 24 horas do dia. O grande problema aqui é a incapacidade de priorização das atividades.

Hoje eu posso dizer que aprendi a priorizar melhor as minhas atividades e sei que ainda existe bastante espaço para melhorar isso. A minha resposta mudou bastante, mesmo ainda escapando de vez em quando o “não tive tempo” como justificativa, agora falo mais “não tive espaço na minha agenda” ou “eu tinha diversas prioridades e infelizmente isto não coube na minha lista”.

Não existe falta de tempo, existe sim falta de priorização! Se você não fez algo, foi porque aquilo não era prioridade para você. Se você não lembrou de ligar para o dentista para marcar a consulta, não foi porque você não teve tempo e sim porque isso não era uma prioridade para você. Isso se tornaria uma prioridade para você se o seu dente estivesse doendo ou latejando e isso estivesse te incomodando.

Eu participo de diversos eventos e organizo outros e a desculpa que mais escuto daqueles que não aparecem é que não tiveram tempo. Mentira! Não compareceram porque o evento não era prioridade para eles, porque não enxergaram valor que justificasse participar do evento e não tem nada de errado nisso, é apenas uma questão de priorização baseado no valor percebido. Isso é apenas uma bela desculpa e lá no fundo, quem faz isso sabe que isso é uma bela muleta.
Se um dia você me disser que “não teve tempo” saiba que eu estarei pensando: mentiroso!

MAIS VALE O DESCONFORTO DA VERDADE QUE A COMODIDADE DA MENTIRA.
Pe Fábio de Melo


Como eu paro de mentir para mim mesmo?

Já faz 08 meses que eu decidi parar de mentir, não só para mim mesmo, mas para o mundo. Tomei essa decisão por inspiração de um amigo, que parou de mentir há 10 anos e só tem colhido bons resultados. A vida se tornou mais simples, porém mais desafiadora.
Um dos fatores que me ajudaram a parar de mentir para mim mesmo foi a definição de metas para a minha vida. Uma coisa que eu entendi foi que é mais fácil priorizar as tarefas quando você possui metas, assim você vai priorizar as atividades que podem te levar mais próximo de suas metas.
Ex:
Meta: quero ser um advogado em 2021
O que preciso fazer: passar no vestibular e ter R$ 700,00 sobrando por mês
Atitudes: parar com as baladas de final de semana, me inscrever no vestibular e estudar 10 horas por semana

Assim, quando alguém te convidar para a balada no final de semana, fica fácil dizer “não posso, preciso estudar e economizar dinheiro para a minha faculdade” ao invés de “não tenho dinheiro”.
Você priorizou estudar e economizar porque sabe que isso é “prioridade” para você e vai te levar mais próximo da sua meta. Entendeu?

Auto Sabotagem

Se antes de definir a sua meta você pensava “eu queria ser advogado, mas não tenho dinheiro” você estava se auto sabotando inconscientemente quando decidia aceitar o convite da balada.
Percebeu que a partir do momento que você definiu a meta e sabe o que precisa fazer você também parou de se auto sabotar inconscientemente? Se mesmo com sua meta definida e sabendo exatamente o que você precisa fazer você resolver fazer diferente, você estará se auto sabotando conscientemente.

AQUELES QUE NÃO FAZEM NADA ESTÃO SEMPRE DISPOSTOS A CRITICAR OS QUE FAZEM ALGO.
Oscar Wilde


A auto sabotagem inconsciente acontece quando por impulso, você começa a seguir o que os outros estão fazendo sem pensar se aquilo é realmente bom para você e sem analisar se aquilo trouxe algum benefício para aqueles que também o fizeram. No meu artigo anterior “6 comportamentos para ter uma vida miserável e sem sentido” eu também falo sobre isso.
Uma dica para te ajudar a sair dessa: pense em uma pessoa de sucesso que você admira! Pensou? Agora toda vez que você for tomar suas decisões sobre o que fazer, se pergunte: será que essa pessoa fez isso para alcançar a posição que ela ocupa hoje?
Ajuda mais ainda se você conhecer a biografia da pessoa que você admira, assim poderá inclusive seguir os passos que ela trilhou.

Tudo isso parece ser muito fácil certo?

Claro que não, se fosse fácil e óbvio todos fariam. Só posso te garantir uma coisa: vale muito a pena e é o fator inicial que vai determinar se você terá sucesso na vida ou não.
A minha vida mudou radicalmente e só tenho colhido benefícios ao aplicar o que eu escrevi neste artigo e garanto: funciona para qualquer um, basta ter atitude!

Quais são as suas muletas?

Não se esqueça de deixar o seu comentário logo abaixo e compartilhar este texto com seus amigos.
Um ótimo feriado e um final de semana iluminado!
Até semana que vem.

Comentários

comentários