Tempo de leitura: ~10 minutos. Você também pode ouví-lo no Podcast acima e ainda fazer download para ouvir aonde você quiser.

O brasil é um país empreendedor! Sim, isso não deixa de ser verdade mas não se engane pelos números, apenas poucos dentre poucos vão conseguir prosperar em seu empreendimento. Pessimismo? De jeito nenhum, realidade…

Eu já comentava com um amigo que a mídia fazia o tema empreendedorismo parecer um mar de rosas, onde tudo é fácil e incentivado por programas de TV como Pequenas Empresas & Grandes Negócios, revistas e jornais, muitos desavisados decidiram abrir seu próprio negócio ou investiram todas as suas economias em uma microfranquia.

Hoje eu sou mais categórico: se você não tem conhecimento da dimensão do que é abrir seu próprio negócio, não faça incentivado por um amigo, programa de TV ou revista.

Empreender dói e dói porque é o caminho dos heróis.
Empreender é o caminho mais rápido para o desenvolvimento pessoal e por isso, o mais dolorido.

Definição de Herói segundo a Wikipedia: é uma figura arquetípica que reúne em si os atributos necessários para superar de forma excepcional um determinado problema de dimensão épica.

Empreender não é um baita exercício de autoconhecimento todos os dias? E isso não tem uma dimensão épica?

QUANDO O MAR ESTÁ CALMO, QUALQUER BARCO NAVEGA BEM.
(Shakespeare)

Eu estou vendo diversos negócios sucumbirem sob o pretexto da crise econômica, entretanto vejo outros fatores como os principais responsáveis para o fechamento de diversos negócios: despreparo e irresponsabilidade estão no topo da lista.

Literalmente está havendo uma limpa no mercado e quem não estava preparado, está sendo varrido.

O universo sabe, não tem como se esconder.

Me desculpe se você que está lendo este texto faz parte desta realidade, mas a verdade é que se você foi varrido do mercado com o seu negócio, significa que não estava preparado para tê-lo.

Eu não fiz essa experiência, mas tenho certeza que se fizesse uma pesquisa com a maioria dos empreendedores que tiveram seu negócio varrido do mercado, atestaria em sua maioria que:

  1. Não levou a administração de seu negócio a sério;
  2. Acha que sabe tudo, que não precisa se capacitar e não participou de nenhum evento de capacitação como palestras, cursos, treinamentos ou mesmo de consultorias no último ano;
  3. Não desenvolveu relacionamentos com outros empreendedores e nem trocou experiências;
  4. Seus negócios eram seus empregos;
  5. Muitos são técnicos(as), ou seja, sabem tudo sobre o produto ou serviço que vendem mas não entendem uma vírgula de estratégia ou gestão;
  6. Metas? Para que metas….metas sãos coisas para empresas grandes certo?

Como eu sei tudo isso? Eu estou falando de mim há 4 anos!

Eu não fazia ideia do jogo que eu estava jogando. Estava navegando em um mar calmo e não enxergava um palmo à minha frente. Felizmente nenhuma crise de mercado passou por mim naquele momento, pois se passasse, eu seria mais um náufrago para o time.

Como eu já fui desse time, reconheço facilmente as pegadas deixadas, cada desculpa, cada fala, cada atitude, cada negligência.

Se você é um náufrago da crise e perdeu o seu “emprego” eu tenho algo muito positivo para te dizer: isso também é uma benção!

É a vida te dando uma chance para você enxergar os seus erros com humildade e corrigi-los.
Não se esqueça que em um negócio mal administrado, não é só o empreendedor quem sofre, todo o ecossistema sofre: sócios, família, funcionários e seus familiares.

A VÍTIMA É SEMPRE CULPADA.
(Dreamer)

Ainda dá tempo de aprender com os seus erros, mas para isso acontecer você precisa parar de colocar a culpa na crise ou nos outros, pois a culpa é só sua e sempre será sua.

Enquanto você não aprender esta lição, ela continuará se repetindo em sua vida, negócio após negócio.

Você precisa saber o jogo que está jogando e o que precisa fazer para ganhar.

Qual é o jogo? O seu desenvolvimento pessoal!
E o que precisa fazer para ganhar o jogo?

Comece fazendo justamente o contrário dos 6 itens que eu narrei logo acima e você verá que diferença isso faz em um curto espaço de tempo.

Você quer empreender? Será que você está preparado? Será que é para você?

Se você quer empreender, eu sugiro que antes procure um mentor!

o-mito-do-empreendedorUm mentor pode ajudar a clarear o seu caminho e vai te contar como funciona o jogo. Assim você entra no jogo já sabendo como funciona e não o contrário, que é descobrir como o jogo funciona depois de levar diversos gols.

E se o seu mentor não te recomendar este livro, eu te recomendo: O Mito do Empreendedor.

Para finalizar, quero deixar algumas dicas:

  1. Não abra um negócio porque alguém disse que é bom;
  2. Não abra um negócio porque você viu na TV que é bom;
  3. Não abra um negócio porque o seu cunhado disse que alguém está ganhando dinheiro com isso;
  4. Se você for um técnico(a) muito bom(a) em alguma coisa, seja o que for, MUITO cuidado com a afirmação: VOCÊ DEVERIA ABRIR O SEU PRÓPRIO NEGÓCIO! MUITO CUIDADO COM ESTA AFIRMAÇÃO pois quem a faz não tem ideia de como o jogo funciona de verdade e que talento técnico não é o suficiente para fazer um negócio dar certo.
    Aliás, o livro que eu recomendei acima trata também desta questão.

Uma semana iluminada e que a força da vontade esteja com você!

Rodrigo Telles

Comentários

comentários