Olá pessoa maravilhosa, espero que você esteja muito bem!

⏰Tempo de leitura deste artigo: ~3,5 min.

AVISO: Se você não gosta de refletir sobre a vida, fuja daqui agora mesmo!

Se você está chegando por aqui agora, saiba que este artigo é o terceiro de uma série de 4 artigos falando de programação mental sobre dinheiro.

Para uma maior compreensão sobre este texto, recomendo ler a introdução, o primeiro e o segundo artigos.

Nós, seres humanos, fazemos parte da natureza certo? E desta forma, estamos submetidos às mesmas regras que regem todo o restante: só é possível colher aquilo que se planta.

É insanidade plantar um limoeiro e esperar que dele, nasçam laranjas, certo?

Pois bem, muitos de nós faz isso o tempo todo – e na maioria das vezes sem saber – e reclama quando o resultado é diferente do esperado.

Muitos de nós cultiva muitos pensamentos ruins sobre dinheiro e depois não entende porque não tem dinheiro nenhum.

As raízes geram os frutos. A minha e a sua vida financeira são o fruto do que foi plantado em nosso inconsciente sobre dinheiro.

Isso é válido para dinheiro como é válido para qualquer área da sua vida, pode apostar.

Eu não sei na sua casa, mas na minha, quando eu era criança, eu nunca ouvi meus pais falarem sobre investimentos e muito menos sobre liberdade financeira. Isso ajuda a explicar porque quando adulto, eu ainda fosse um analfabeto sobre este tema.

É claro, não estou culpando meus pais. Eles fizeram o melhor que podiam por mim com os recursos que possuíam. Se não me ensinaram sobre isso, foi porque ninguém os ensinou também.

Afinal, você só pode dar aquilo que você tem!

O que você vai ensinar aos seus filhos sobre dinheiro? Somente aquilo que você tem!
E se o que você tem de bagagem sobre dinheiro não te agrada, não espere milagres na vida financeira de seus filhos.

T. Harv Eker disse em seu treinamento algo que me surpreendeu, ele disse: eu posso adivinhar como é e como será a sua vida financeira conversando com você por apenas 5 minutos.

Quando eu ouvi isso, minha mente logo questionou: mas como isso é possível?

A explicação veio ligeira e sem margens para discussão: apenas fazendo as perguntas certas.

Todas as pessoas possuem um modelo de dinheiro, o que eu chamei de molde no artigo anterior. Algumas perguntas podem revelar qual é o seu modelo de dinheiro, como por exemplo:

  1. A sua renda mensal é composta apenas pelo que você ganha pelo seu suor no trabalho?
  2. Quais tipos de investimentos você possui?
  3. Qual % da sua renda mensal você investe todo mês?

As respostas a estas perguntas vão revelar por exemplo se o seu modelo de dinheiro é do tipo “eu preciso trabalhar duro para ganhar o meu dinheiro” ou então “meu dinheiro trabalha duro para mim”.

O seu modelo (molde) sobre dinheiro dirá como é e como será a sua vida financeira, caso você não mude nada.

É de uma simplicidade tão grande que ainda hoje continua me surpreendendo.

Se você está comigo até aqui, eu imagino que você deve estar pensando: como eu mudo o meu modelo de dinheiro?

Simples, mas não é fácil!

Mudando primeiro as suas crenças sobre dinheiro, aquilo que formou o seu modelo atual sobre dinheiro. Hora de rever crenças e convicções sobre este tema, pois as raízes geram os frutos.

Não pense que isso acontece de uma hora para outra. Afinal, você pode ter levado anos para criar o seu modelo atual sobre dinheiro e não será em alguns minutos ou horas que isso mudará completamente.

Hora de rever o que você tem plantado no seu inconsciente quando o assunto é dinheiro.

Eu já falei no artigo anterior e vou falar novamente: ainda dá tempo de você participar do Millionaire Mind Intensive em São Paulo que começa amanhã dia 17 e vai até domingo 19/11.

Um treinamento intensivo criado pelo próprio T. Harv Eker e que eu participei em 2015. Lá, eu tive a oportunidade de quebrar muitas crenças limitantes sobre dinheiro e isso me permitiu acelerar e melhorar significativamente a minha vida financeira.

Se eu te recomendo? Definitivamente SIM!

Comprando seu ingresso por este link e utilizando os cupons abaixo, você compra 1 ingresso e ganha +1 ingresso (por tempo limitado – não sei até quando vai a promoção).

São 3 categorias de ingressos e, para cada categoria, utilize um cupom específico, conforme segue:

Cupons

Saiba mais sobre as categorias de ingressos no site oficial do evento.

No próximo artigo eu falarei sobre “Os 4 mundos em que vivemos” e como isso se relaciona com a sua vida financeira.

Se você gostou (ou não) deste artigo, não se esqueça de deixar seus comentários logo abaixo ok?

Fique com Deus e até o nosso próximo encontro na semana que vem.

Pelo seu crescimento,
Rodrigo Telles

Comentários

comentários