Neste último artigo da série sobre o livro As sete leis espirituais do sucesso, eu falo sobre a minha lei preferida, aquela que mudou a minha relação com a vida e que trouxe sentido para a minha existência.

As Sete Leis Espirituais do Sucesso

As Sete Leis Espirituais do Sucesso

Se você está chegando por aqui agora e ainda não leu os artigos anteriores, saiba que este artigo faz parte de uma série que eu estou escrevendo sobre o livro As sete leis espirituais do sucesso e como você pode coloca-las em prática na sua vida também.

Aqui estão os links para os artigos anteriores:

Introdução – As sete leis espirituais do sucesso
Primeira: A lei da potencialidade pura
Segunda: A lei da doação
Terceira: A lei do carma ou de causa e efeito
Quarta: A lei do mínimo esforço
Quinta: A lei da intenção e do desejo
Sexta: A lei do distanciamento

Recomendo que você também leia estes artigos anteriores como leitura complementar.

Qual é o seu propósito de vida? Isso mesmo, você já parou para pensar nisso? Ou você realmente pensa que veio a este mundo para trabalhar para ter coisas e pagar contas?

NÃO! A sua passagem por esta existência física não se resume a somente isso.

A sétima lei espiritual do sucesso é a lei do darma. A palavra darma vem do sânscrito e significa “propósito de vida”. Segundo a lei do darma, assumimos uma forma física para cumprir um propósito na vida. O campo da potencialidade pura é divindade em essência. É o divino assumindo a forma humana para cumprir um propósito.
De acordo com esta lei, você tem um talento singular e uma maneira única de expressá-lo. Existe alguma coisa que você consegue fazer melhor do que todo mundo. E, para cada talento singular, em sua forma física de expressar, existem necessidade específicas. Quando essas necessidades se combinam com a expressão criativa de seu talento, surge a fagulha que cria a riqueza.

Você como eu, quando chegou aqui neste planeta, trouxe consigo presentes do Criador. Estes presentes são as ferramentas essenciais que você tem para executar a sua obra servindo a humanidade.

Para mim, a beleza dessa lei é que “para cada talento singular, em sua forma física de expressar, existem necessidades específicas”, ou seja, alguém ou muitas pessoas neste planeta precisam do seu dom natural. Isso significa que alguém está buscando o que você tem guardado dentro de si.

Em outras palavras, quando você se esquece dos seus dons naturais, você também escolhe negar ao outro a ajuda que só você pode oferecer.

Você alguma vez duvidou da perfeição do Criador? Agora você sabe porque existimos em grande quantidade neste planeta, para nos ajudarmos.

Todos tem um propósito de vida… um dom singular ou um talento único para dar aos outros.
E quando misturamos esse talento singular com benefícios aos outros, experimentamos o êxtase da exultação de nosso próprio espírito – entre todos, o supremo objetivo.

Acredito que não tem como ser mais claro do que isso. Em outras palavras, quando você coloca seus dons naturais a serviço das pessoas, o seu espírito se enche de alegria e realização, pois você se alinhou ao seu caminho nesta existência. Foi pra isso que você veio!

Quando você está trabalhando, o passar das horas deve soar como música extraída de uma flauta. …E o que é trabalhar com amor? É como tecer uma roupa com fios que vêm do coração como se fosse o seu bem-amado a usá-la…

Você odeia a segunda-feira e adora a sexta-feira? Atenção: você está fora do seu caminho, você está fora do seu propósito e está perdendo tempo precioso de vida.

Você saberá que está fora do seu caminho quando, levantar para trabalhar for um sacrifício pra você. Quando o final do domingo lhe trouxer sensações desagradáveis em relação ao que lhe aguarda no dia seguinte, saiba que algo está errado na sua vida.

Nenhum Ser humano deveria se sujeitar a isso, pois isso é o sistema soterrando o seu espírito e junto com ele, seus sonhos.

Eu sou uma pessoa abençoada, pois mesmo que inconscientemente, eu sempre consegui me conectar aos meus dons naturais, aos meus talentos singulares e colocar isso a serviço da humanidade. Mas isso nem sempre foi um passeio como talvez você esteja imaginando.

A pouco tempo atrás eu era uma pessoa extremamente tímida e hoje eu apresento palestras e aplico treinamentos.

Hoje os talentos que possuo e que me trazem a maior realização pessoal e ao mesmo tempo é o que ajuda o maior número de pessoas, é o dom da palavra, da expressão, da didática junto com a capacidade de tornar coisas complexas em coisas simples de serem ensinadas.

Como uma pessoa tímida pode ter o dom da palavra?

Essa é uma excelente pergunta!

Uma coisa que eu compreendi é que o Criador não comete erros, nós sim cometemos diversos erros.
Todos os dias oportunidades de crescimento pessoal passam na frente de todos nós, mas a maioria prefere ignorar.

Eu decidi agarrar essas oportunidades, mesmo que isso fosse doer. E o resultado? Uma vida extraordinária servindo as pessoas com o que eu tenho de melhor.

Uma coisa que você precisa saber: crescimento dói!

É dolorido, mas não precisa ser sofrido. A dor é inevitável, mas o sofrimento é opcional!

Quando eu aceitei que o meu crescimento seria dolorido, eu eliminei o sofrimento. Quando eu aceitei, eu estava utilizando a lei do mínimo esforço, sem saber.

A lei do darma apresenta três componentes. O primeiro é o que estamos aqui para encontrar nosso verdadeiro Eu, para descobrir que nosso verdadeiro Eu é espiritual, que somos essencialmente seres espirituais expressos numa forma física.

O Segundo componente é o de que devemos expressar nosso talento singular. A lei do darma diz que todo ser humano tem um talento único. Ou seja, você tem um talento só seu. Ele é único em sua expressão e tão específico que ninguém mais em todo o planeta tem um igual, ou maneira parecida de expressá-lo. Isso significa que há uma coisa que você pode fazer e de um jeito melhor do que qualquer outra pessoa sobre a terra.

O terceiro componente é o de que devemos servir à humanidade. Para isso devemos fazer as seguintes perguntas: “Como posso ajudar? Como posso ajudar a todos com quem tenho contato?

Quando você combina a capacidade de expressar seu talento único com benefícios à humanidade, está fazendo pleno uso da lei do darma.

Uma coisa importante que você precisa saber é que, você possui um ou vários dons naturais guardados aí dentro e você só será plenamente realizado nesta existência, quando decidir colocá-los a serviço da humanidade.

Outra coisa interessante que vai acontecer é que, assim você atrairá a prosperidade e a abundância para a sua vida. Porque?

A resposta é simples: porque o Criador é perfeito e quando o criou, colocou dentro de você as ferramentas essenciais de que você precisava para viver uma vida com menos esforço, gastando menos energia, agregando valor à vida das pessoas e o resultado de tudo isso não poderia ser algo diferente de prosperidade e abundância em sua vida e na vida dos outros.

De vez quando você se pergunta porque a sua vida é tão difícil? Eis aqui parte da resposta!

Aplicação da lei do darma ou do propósito de vida no seu dia a dia:

  1. Nutrir amavelmente, hoje, a divindade que habita em você, no fundo de sua alma. Prestar atenção ao seu espírito, que anima seu corpo e sua mente. Despertar desse profundo sono dentro do seu coração.
  2. Elaborar uma lista de seus talentos únicos. Depois, outra lista das atividades que adora realizar quando está expressando esses talentos. Diga, então: “Quando expresso meus talentos e os ponho a serviço da humanidade, perco a noção do tempo e crio abundância em minha vida, bem como na vida de outros.”
  3. Perguntar a si mesmo diariamente: “Como posso servir?” e “Como posso ajudar?” As respostas a essas perguntas permitirão ajudar e servir a seus semelhantes, com amor.

Como você pode perceber, eu amo esse tema e poderia continuar escrevendo sobre ele por muito mais tempo.

Talvez a seguinte pergunta esteja te incomodando neste momento: Como encontro meus dons naturais, meus talentos singulares?

Se você ainda não encontrou quais são os presentes que o Criador colocou dentro de você, eu criei um workshop de um domingo inteiro para te ajudar com isso. Clique aqui e saiba tudo sobre este workshop!

Se você gostou desse artigo, utilize os recursos abaixo para compartilhar com a sua família e seus amigos.

Eu fico por aqui e desejo que você encontre seus dons naturais e viva uma vida extraordinária servindo a humanidade.

Pelo seu crescimento,
Rodrigo Telles

Comentários

comentários